Quarta-feira, 19 de Abril de 2017

Sadomasoquismo

sado.jpg

Eu sou um homem que, no que ao sexo diz respeito, sem preconceitos e com muito poucos limites. Aliás, tirando o sadomasoquismo (acho que é assim que se escreve) não tenho nenhum. E, talvez por eu ser demasiado sensível à dor, nunca percebi muito bem o fascínio que algumas pessoas desenvolvem por esse tipo de actividade.

Há alguns anos tive uma namorada, que ao fim de poucos dias de iniciarmos o relacionamento, confidenciou-me que praticou o sadomasoquismo e que tinha gostava muito.

Não sei se ela disse aquilo para ver se eu aderia à causa, mas eu fiz logo questão de deixar bem claro que nunca gostei de mulheres mandonas, vestidas de cabedal e de chicote na mão. Que se queria chicotear, tinha que procurar outro, não era comigo que devia andar. Ela apressou-se logo a dizer que estava apaixonada por mim e que passaria bem sem essa cena da lingerie de cabedal, dos chicotes, cintos de castidade, algemas, mordaças, velas e afins.

Não sei se passou assim tão bem como dizia. Passados cinco meses, cada um seguiu o seu caminho e tanto quanto sei acabou casada com um homem adepto dessa prática. Melhor assim. Logicamente quando ela me disse que era adepta de algo estranho, que eu não conseguia perceber muito bem, eu deveria ter logo discernido o que era óbvio. Apesar de ela ser uma mulher inteligente, muito bonita e fascinante, não era a tal para mim.

Mas voltando ao assunto, alguém aqui já praticou essa coisa? O que pensam dessa prática? Gostava de saber opiniões de quem já tenha experimentado, pois eu só conheço a opinião dessa minha ex. Bem... e de uma outra amiga minha que um dia experimentou isso com o namorado, a um nível mais amador, mas o suficiente para deixar o gajo cheio de nódoas negras, depois de o ter chicoteado como se não houvesse amanhã. Mas essa história fica para outro dia.

Publicado por Lynce às 22:23

link do post | comentar | favorito (1)
49 comentários:
De Isa a 20 de Abril de 2017 às 10:07
Só me apeteceu uma vez vestir-me de cabedal e chicotear um gajo como se não houvesse amanhã. Foi quando descobri que o meu ex me traía. Mas optei pelo desporto, calcei-lhe uns patins, e mandei-o patinar para longe da minha vista. De resto, dispenso essas tretas de dar e levar bofetadas, de momento lembro-me de muitas outras coisas que se pode fazer entre quatro paredes, e nenhuma delas engloba violência.

Beijinhos Jorgito
De Lynce a 20 de Abril de 2017 às 10:20
Fizeste bem! Lá porque o gajo andou a "pular a cerca" não quer dizer que tenha que ir ao castigo.

Nem umas palmadinhas nas nádegas?
De Anónimo a 20 de Abril de 2017 às 12:11
Com certeza gostaria de deixar umas marquinhas bem gostosas em vc, adooruuuuuu os homens aos meus pés

Biju
De Lynce a 20 de Abril de 2017 às 12:24
Ser preso a uma cama e levar palmadas no rabinho é uma coisa agora espancamento até deixar marcas é que NEM PENSAR. Foda-se?!
De António a 20 de Abril de 2017 às 13:19
isso de dor e prazer tem história de milénios. agora está na moda a cena dominante/submisso. mas quem é que nunca deu um tautau?
De Lynce a 20 de Abril de 2017 às 13:42
Mas com calma...

:))
De Cidália Ferreira a 20 de Abril de 2017 às 13:26
Sou contra a "violência" em todos os sentidos. lol Bom tema para quem o entende!

Beijos
De Lynce a 20 de Abril de 2017 às 13:43
Obrigado, Cidália!

:))
De Goti a 20 de Abril de 2017 às 13:45
...não consigo perceber como é que se pode sentir prazer infligindo dor. Não acho que se trate de gostos, mas de alguma disfunção do tico e do teco[risos]

Beijo sorridente ;)
De Lynce a 20 de Abril de 2017 às 19:24
Pois, eu acredito que sim. Ainda há pouco recebi um email de uma suposta "dona" que diz sentir um prazer intenso sempre que chicoteia um gajo...foda-se?!
De Dalila Lopez a 20 de Abril de 2017 às 15:20
Nada de violências. Umas palmadinhas e nada mais, apesar de, até essas palmadas me retiram a tesão. Não censuro quem goste. Tudo o que for feito com carinho eu gosto

NÃO HÁ VIOLÊNCIA... NO SEXO HEHEHHEHE

Beijo sem violência ;-)
De Lynce a 20 de Abril de 2017 às 19:25
Pois, eu também concordo contigo!
De Amor a 20 de Abril de 2017 às 16:54
Se já pratiquei sadomasoquismo? Não. Nem tenciono.
O que penso? Que há gostos para tudo e não descrimino ninguém por o ser. Cada um sabe de si.

Beijinhos :)
De Lynce a 20 de Abril de 2017 às 19:27
Nem conheces ninguém que tenha praticado?

:))
De Anónimo a 20 de Abril de 2017 às 19:36
Adoro um sadomasoquismo levezinho, consentido e sem exagero e dor pela\ dor. Gosto da dor com prazer. Adoro apanhar no cuzinho, nas pernas, ter as mamas e os bicos apertados, torcidos, os ombros e o pescoço mordidos.


Ana
De Lynce a 20 de Abril de 2017 às 19:47
Até tinha o mastro a meia haste, mas este último parágrafo do teu comentário deixou-me sem tusa...como é possível sentires prazer com mordidelas e bicos das mamas apertados? Txiiii...
De Amante a 20 de Abril de 2017 às 20:26
Sadomasoquismo não faz minha cabeça.
:(
De Lynce a 20 de Abril de 2017 às 21:12
Nem a minha...
De Catarina a 20 de Abril de 2017 às 22:15
Só pela tua nobreza, sentido de humor e boa disposição, aqui fica a minha Admiração…

AMO-TE EM SILENCIO.
De Lynce a 20 de Abril de 2017 às 22:18
Um beijo...

Comentar post

Mais sobre mim

Abril 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
20
24
26
27
28

Apontamento Editorial

Este blogue não busca esclarecer quase nada e pode confundir ainda mais a sua vida, alternando textos mais sérios com algumas notas de bom humor e até uma pitada de saudável ironia.

Pesquisar

 

Utilidade Pública

Casa Fernando Pessoa
Ilustração Portugueza
Portugal em Postais Antigos
Restos de Colecção

Blogolândia

A Desarrumada
A Gaffe das Avenidas
À esquina da Tecla
A Miúda com Pêlo na Venta
A Vida de Diana
Alice Alfazema
Ana de Amsterdam
Art and Kits
As Redacções do Gui
Blogadinha dos Virtuais
Cafuné - Ella
Chic'Ana
Chover no Molhado
Coisas de uma Vida
Digitais da Alma
Dona-Redonda- Gábi
Estúpido Aluga-se
Eu tento, mas meu tento não Consegue
Histórias de Mim
Lírio Selvagem
Moonlight
Mundo de Frida
Mundo Pink Poison
Nascer na Praia
Nem mais nem Menos
Noname
O da Inês
Os meus Idealismos
Pedacinhos de Mim
Percepções - Clau
Quarentona
Renascer aos 40
Retalhos de Sonhos
Rumo a Ti
Tempo Contado
Sobretudo Cansaço
Terrorismo nas Palavras

Fotoblogues

Elma Carneiro
Existe um Olhar
FlorBytes
Olhar em tons de Flash
Olhares em tons de Maresia

Pausa para Feminices

Brilhos da Moda
Ina - The Blog

Arte e Misticismo

Artes - Elma Carneiro
Ponderável
Universo Racionalista

Paraíso do Pecado

E Deus criou a Mulher
Pecado Original

Sacrilégios

Dark
Delírios de Amor e Sexo
Eróticas e Femininas
Metamorfose de um Desejo
Paloma
Prazeres e Carinhos Sexuais
Trilhos do Lobo
Transpondo_Nus

Favoritos

O da Inês foi destaque

Metanoia

vamos afastar quem não no...

E ainda, o que está a dar...

Obrigada, a mulher já pod...

as mulheres e o sexo

Review das últimas compra...

O piropo não é fixe!

Vida...

25 de abril, antes e depo...

Arquivos

Observadores



Dias Online
blogs SAPO

subscrever feeds