Sábado, 18 de Março de 2017

Amor eterno

Não, este não é mais um post abichanado sobre melancolia como os anteriores.

Acabei de saber que um casal meu amigo, que já namorava desde o tempo em que a televisão ainda era a preto e branco, acabou o seu romance. Este era um daqueles casais que toda a gente garantia ser feitos um para o outro e que teriam, obrigatoriamente, que acabar juntos.

E eu estou a contar-vos isto porquê? Simplesmente porque esta é mais uma prova de que a minha teorioa sobre o amor eterno está certa.

Actualmente, o amor eterno dura, no máximo, 8, 10 anos. Não dura mais do que isso. Mas é muito intenso.

Publicado por Lynce às 20:49

link do post | comentar | favorito (1)
13 comentários:
De Cidália Ferreira a 18 de Março de 2017 às 23:31
Até tenho vergonha então de dizer que já levo 37, lool.

Beijo, bom fim de semana.
De Lynce a 19 de Março de 2017 às 10:33
É uma vida...
De Isabel Pires a 18 de Março de 2017 às 23:33
Jorge, esta é a prova de que o que se julga saber dos outros não é a vida. A vida é outra coisa.
Beijo e bom domingo!
De Lynce a 19 de Março de 2017 às 10:35
Li, não me lembro onde que "A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios"
De Ana Freire a 18 de Março de 2017 às 23:36
Mas se o casal teu amigo, terminou algo que durava desde o tempo do P/B... Hum!!!!!... Então a coisa durou bem mais do que 10 anos...
Mas numa coisa tens razão... hoje em dia... o amor é... terno... enquanto dura... depois... começam à galheta um ao outro... com muita intensidade...
Beijinho! Bom domingo!
Ana
De Lynce a 19 de Março de 2017 às 10:36
A relação durou 20 anos, aproximadamente, foi uma excepção à regra.

De Anónimo a 19 de Março de 2017 às 00:49
Não confundas amor, com paixão, com tesão de mijo - Amor é outra coisa e pode durar aqueles 37 daquela senhora aí em cima ou 50 como o dos meus pais.
Bom mesmo, é não fazer tábua rasa dos sentimentose.

Boa noite Lynce miauuuuuuu

euaquinname@gmail.com

noname-metamorphosis.blogspot.com

De Lynce a 19 de Março de 2017 às 10:37
Tens razão, tesão é outra coisa...
De golimix a 19 de Março de 2017 às 21:19
É eterno enquanto dura...

Eu já namoro com o meu marido desde os 17 anos. Já vai há uma eternidade 😁
De DyDa/Flordeliz a 19 de Março de 2017 às 22:56
Quem disse que eles deviam andar à batatada em público, para o público descobrir que o amor acabou, ou que afinal, não era tanto assim?!...
Mas quem disse que foram feitos um para o outro?
Ok! Os outros.
É sempre assim. Os outros acham. Os outros pensam.

O amor eterno é como a vida. Uma vezes dura anos, outras meses. Outras, arrasta-se vida fora e é uma grande treta.

Boas férias.
De Leocádia Garibaldi a 19 de Março de 2017 às 23:07
Lamentável!
De redonda a 19 de Março de 2017 às 23:10
Mas...se eles já eram um casal deste o tempo da televisão a preto e branco e isso já foi há uma data de anos, então o amor dura muito mais que 10 anos!
E pode ser que ainda se reconciliem (eu gosto dos finais de felizes para sempre)
De Maria Glória D'Amico a 21 de Março de 2017 às 22:29
Olá, boa noite! Cheguei aqui para uma visita, pelo blog da Ana Freire.
Este assunto, do amor eterno, desde as fotos em P&B, eu gosto e, saiba, penso como tu! Aliás, penso que desde o tempo das cavernas, o amor tinha um prazo. Porém, nem tudo se sabe, digo, tudo o que acontece nestes longos anos de casamento, de amor, de paixão. Hoje em dia é que temos mais sorte, pois pode-se separar, é normal, é comum. Creio que a configuração das famílias também vai mudar. E é bom! Mesmo que ainda não possamos entender.
Mas a vida é pura transformação, não tem como ser diferente!
Um bom tema, por aqui.
Abraços do Brasil.

Comentar post

Mais sobre mim

Abril 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
20
24
26
27
28

Apontamento Editorial

Este blogue não busca esclarecer quase nada e pode confundir ainda mais a sua vida, alternando textos mais sérios com algumas notas de bom humor e até uma pitada de saudável ironia.

Pesquisar

 

Utilidade Pública

Casa Fernando Pessoa
Ilustração Portugueza
Portugal em Postais Antigos
Restos de Colecção

Blogolândia

A Desarrumada
A Gaffe das Avenidas
À esquina da Tecla
A Miúda com Pêlo na Venta
A Vida de Diana
Alice Alfazema
Ana de Amsterdam
Art and Kits
As Redacções do Gui
Blogadinha dos Virtuais
Cafuné - Ella
Chic'Ana
Chover no Molhado
Coisas de uma Vida
Digitais da Alma
Dona-Redonda- Gábi
Estúpido Aluga-se
Eu tento, mas meu tento não Consegue
Histórias de Mim
Lírio Selvagem
Moonlight
Mundo de Frida
Mundo Pink Poison
Nascer na Praia
Nem mais nem Menos
Noname
O da Inês
Os meus Idealismos
Pedacinhos de Mim
Percepções - Clau
Quarentona
Renascer aos 40
Retalhos de Sonhos
Rumo a Ti
Tempo Contado
Sobretudo Cansaço
Terrorismo nas Palavras

Fotoblogues

Elma Carneiro
Existe um Olhar
FlorBytes
Olhar em tons de Flash
Olhares em tons de Maresia

Pausa para Feminices

Brilhos da Moda
Ina - The Blog

Arte e Misticismo

Artes - Elma Carneiro
Ponderável
Universo Racionalista

Paraíso do Pecado

E Deus criou a Mulher
Pecado Original

Sacrilégios

Dark
Delírios de Amor e Sexo
Eróticas e Femininas
Metamorfose de um Desejo
Paloma
Prazeres e Carinhos Sexuais
Trilhos do Lobo
Transpondo_Nus

Favoritos

O da Inês foi destaque

Metanoia

vamos afastar quem não no...

E ainda, o que está a dar...

Obrigada, a mulher já pod...

as mulheres e o sexo

Review das últimas compra...

O piropo não é fixe!

Vida...

25 de abril, antes e depo...

Arquivos

Observadores



Dias Online
blogs SAPO

subscrever feeds