Quinta-feira, 26 de Janeiro de 2017

Amor de Pai

Já tinha dado seis voltas e não encontrava um buraco para meter o meu carro. Lá fora uma chuva miudinha, acompanhada de vento, teimava em não parar. Não é que eu estivesse com pressa, mas a noite estava azarada e não havia forma de descobrir o desejado espaço para estacionar.

A dado momento dei comigo a pensar numa ex-namorada, sentindo a falta dela: se ela estivesse ali, com aquela vulva apertadinha, onde no passado estacionava a minha pick-up com o atrelado da mota da água, teria solucionado o problema de arranjar espaço para a minha viatura.

Foi então que me cruzei com um casal daqueles que nos enternece. Sim, eu sou um gajo lamechas: por detrás deste corpinho de durão, esconde-se um coração embrandecido. Quem me conhece sabe que choro com uma balada, se vejo uma telenovela fico de coração partido, se vejo duas gajas boas a lamberem-se, cresce em mim uma enormeeeeeeeee emoção!

Ora onde é que eu ia?! Exactamente! Ia a dizer que, o que me comoveu foi a afetuosa cena do casal, o pai abraçando o filho contra o seu peito, protegendo-o do vento e da chuva, enquanto a esmerada mãe tapava a pequena cabeça do miúdo. Esbocei um sorriso de contemplação e passava mesmo ao lado deles, quando ouvi as palavras carinhosas que não esqueço:

“Foda-se, o caralho do miúdo não pára quieto com os pés e já me sujou a puta das calças!”
Fiquei fascinado. Há algo mais amoroso que o amor de pai?

Publicado por Lynce às 17:53

link do post | comentar | favorito (1)
16 comentários:
De Chic'Ana a 26 de Janeiro de 2017 às 18:20
Ahahahahah, e depois ainda nos admiramos no ponto em que está a sociedade.. incrível!
De Lynce a 26 de Janeiro de 2017 às 18:22
Ana,
Pela aparência eram pessoas letradas...
Isso é que me surpreendeu.
De Chic'Ana a 26 de Janeiro de 2017 às 21:19
A mim já nada me surpreende, acredita! Vejo n casos de má educação por dia, é impressionante!
De Lynce a 26 de Janeiro de 2017 às 21:45
Ana
Só falta ver uma vaca voar, mas a rampa de lançamento está quase concluída...

:)))
De Anónimo a 26 de Janeiro de 2017 às 19:21
Una pais extremosos de palavras doces, e um automobilista de cabeça conspurcada - mas que trio :-))

noname
j+a a seguir-te :-))
De Lynce a 26 de Janeiro de 2017 às 21:43
Eu sabia que ias conseguir...nunca menosprezei a tua inteligência!

:)))
De Anónimo a 27 de Janeiro de 2017 às 16:57
Meu caro, aquilo não tinha nada a ver com inteligência, coisa que em mim abunda) mas com a supressão do botão seguir, pela google e agora já reposto.
Beijinhos à prima
noname
De Lynce a 27 de Janeiro de 2017 às 17:16
Non, eu não acredito que ainda andes em guerra com isso...
:))
De Cidália Ferreira a 26 de Janeiro de 2017 às 20:26
Ou seja; Falou português correto,ehehhehhhehehhehehe. Não sabes o que me ri com o final do texto. Viva o bom sentido de humor,

Mas espera, estacionaste? Ou foste embora? Lool

Beijos
De Lynce a 26 de Janeiro de 2017 às 21:44
Claro que estacionei, Cidália, mas não foi fácil...

:))
De Serena a 28 de Janeiro de 2017 às 01:16
Realmente... Já não se pode confiar nas imagens... E como se costuma dizer...Nem tudo o que brilha é ouro... Beijinhos
De Lynce a 28 de Janeiro de 2017 às 10:13
Completamente de acordo...

Beijinho e obrigado!
:))
De Ana Freire a 29 de Janeiro de 2017 às 21:38
Talvez o amor de mãe?...
De certeza que a mamã ficou tão feliz, por ter umas calcinhas para lavar cag... perdão... sujas de fresco!...
Beijos
Ana
De Lynce a 29 de Janeiro de 2017 às 21:44
Hoje estás muito inspirada...estás, estás...

:))
De Olivia a 31 de Janeiro de 2017 às 14:28
Quando comecei a ler, pensei logo que era bom demais para ser verdade, hahaha. Mas ainda quero acreditar que existem pais assim, sem a parte dos resmungos.
De Lynce a 31 de Janeiro de 2017 às 14:35
Cada vez é mais difícil de encontrar...

:))

Comentar post

Mais sobre mim

Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Apontamento Editorial

Este blogue não busca esclarecer quase nada e pode confundir ainda mais a sua vida, alternando textos mais sérios com algumas notas de bom humor e até uma pitada de saudável ironia.

Pesquisar

 

Utilidade Pública

Casa Fernando Pessoa
Ilustração Portugueza
Portugal em Postais Antigos
Restos de Colecção

Blogolândia

A Desarrumada
A Gaffe das Avenidas
À esquina da Tecla
A Miúda com Pêlo na Venta
A Vida de Diana
Alice Alfazema
Ana de Amsterdam
Art and Kits
As Redacções do Gui
Blogadinha dos Virtuais
Cafuné - Ella
Chic'Ana
Chover no Molhado
Coisas de uma Vida
Digitais da Alma
Dona-Redonda- Gábi
Estúpido Aluga-se
Eu tento, mas meu tento não Consegue
Histórias de Mim
Lírio Selvagem
Moonlight
Mundo de Frida
Mundo Pink Poison
Nascer na Praia
Nem mais nem Menos
Noname
O da Inês
Os meus Idealismos
Pedacinhos de Mim
Percepções - Clau
Quarentona
Renascer aos 40
Retalhos de Sonhos
Rumo a Ti
Tempo Contado
Sobretudo Cansaço
Terrorismo nas Palavras

Fotoblogues

Elma Carneiro
Existe um Olhar
FlorBytes
Olhar em tons de Flash
Olhares em tons de Maresia

Pausa para Feminices

Brilhos da Moda
Ina - The Blog

Arte e Misticismo

Artes - Elma Carneiro
Ponderável
Universo Racionalista

Paraíso do Pecado

E Deus criou a Mulher
Pecado Original

Sacrilégios

Dark
Delírios de Amor e Sexo
Eróticas e Femininas
Metamorfose de um Desejo
Paloma
Prazeres e Carinhos Sexuais
Trilhos do Lobo
Transpondo_Nus

Favoritos

conversas de rua

One Smile a Day com.. as ...

Coisitas parvas #12

Descansar...

Sintam o novo som do Carl...

Maneiras que é isto

Viver...

O da Inês foi destaque

Metanoia

vamos afastar quem não no...

Arquivos

Observadores



Dias Online
blogs SAPO

subscrever feeds