Terça-feira, 28 de Fevereiro de 2017

Amor em part-time

Ontem disseram-me:

"Do que precisas mesmo é um amor em part-time".

Talvez. Mas teria mesmo de ser um amor em part-time. Flexível, incondicional, sem horários e dias definidos para nos encontrar-nos. Sem compromissos, explicações, ou interrogações. Depois de tudo, esta é a única forma, pelo menos por agora, de dar a alguém aquilo que quero receber.

Publicado por Lynce às 00:02

link do post | comentar | ver comentários (34) | favorito (3)
Segunda-feira, 27 de Fevereiro de 2017

Conversas

Ela - Não quero ser inconveniente...mas diz-me uma coisa, já fizeste sexo neste sofá?
Eu  - Porque é que perguntas isso?
Ela - Não sei. Estava a ver o filme, a olhar para ti e fiquei a imaginar-te como serias a fazer sexo no sofá.
Eu  - Estás a dizer isso porque te apetece comer-me ou porque queres que eu divulgue esta conversa no meu blogue?
Ela - Hummm… podes publicar no teu blogue à vontade.
Eu  - Ok, depois de te levar a casa já publico.
Ela - São quase cinco da manhã. Vais levar-me a casa?
Eu  - Claro que sim. Não quero que vás de táxi para casa

Publicado por Lynce às 06:11

link do post | comentar | ver comentários (23) | favorito (1)
Domingo, 26 de Fevereiro de 2017

Apetecia-me tanto

Hoje apetecia-me tanto dormir com a Penélope no apartamento dela. Nem era preciso sexo. Era só jantar e depois dormir com ela, para ao amanhecer ela dizer-me que estava atrasadíssima para o trabalho, sair a correr e deixar-me lá sozinho, e depois mandar-me uma mensagem a meio da manhã para saber se eu tinha fechado bem a porta. Apetecia-me mesmo. Também me apetecia muitas outras coisas, mas esta apetecia-me mesmo muito. Só que não vai dar. Foda-se!

Publicado por Lynce às 17:19

link do post | comentar | ver comentários (40) | favorito
Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2017

Coisas que me preocupam

Ontem à tarde estava tranquilamente, refastelado no recato da minha sala, vendo esse antro de prostituição emocional que é a TVI, com a pila (por pila entenda-se um fenomenal e saboroso mastro de 22 cm) no sofá e senti uma vontade incontrolável, daquelas que não conseguimos mesmo controlar, de comer nozes! Tive de ir propositadamente ao Continente comprar. Hoje acordei deprimido e bastante preocupado. Estarei grávido?

Publicado por Lynce às 14:18

link do post | comentar | ver comentários (73) | favorito (2)
Domingo, 19 de Fevereiro de 2017

Anónimo, sim

Ontem perguntaram-me porque quero eu continuar no anonimato. Exceptuando cinco ou seis pessoas, aqui ninguém me conhece. Porquê? É simples, ficaria com a minha reputação toda fodida. Portugal é um país pequeno. Toda a gente se conhece. Todos sabem o que os outros fazem, pensam ou dizem. Todos conhecem a vida uns dos outros. Todos sabem quem fode com quem. Neste país sabe-se tudo de todos, sem excepção. Portugal é um país muito pequeno… 

Publicado por Lynce às 23:59

link do post | comentar | ver comentários (38) | favorito (1)

Sábado à noite

Num sábado à noite frio e chuvoso, beber um copo pode ser ou não uma boa opção. Depende da ponderação que se faça e de algumas regras que se devem ou não seguir.

Por exemplo: imagine que tem a auto-estima em cima e apetece-lhe algo bom. Se o que pretende são olhares femininos, se deseja que as mulheres olhem para si insistentemente, o melhor que tem a fazer é sentar-se junto a um espelho. Vejamos o caso do bar anos 60: se um gajo ficar sentado ao lado do espelho, constatará que noventa e nove por cento dos olhares femininos estão direccionados para si.

Mais complicado é se o bar que gosta de frequentar fica situado mesmo ao lado de um bar de meretrizes e o porteiro é alguém que conhece há muitos anos de outros locais: acredite que pode ser embaraçoso passar em frente e receber uma calorosa saudação.

Publicado por Lynce às 00:06

link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
Sábado, 18 de Fevereiro de 2017

Blogosfera

Apaixonei-me por este blogue. O Sinto-te a Falta, é um blogue pessoal, com textos muito bem escritos, uma espécie de quase diário, onde a blogger escreve o que bem entende e sobre aquilo que sente, também. Não conheço a autora, que muito prezo e respeito, mas descobri um oceano na blogosfera onde me perco e me acho, por onde se pode e deve passear.

Publicado por Lynce às 00:09

link do post | comentar | ver comentários (31) | favorito
Sexta-feira, 17 de Fevereiro de 2017

Maditas peneirices

Encostado ao balcão bebendo o primeiro café do dia vejo entrar um par de donzelas. Uma das meninas arregala o olho na minha direcção e debita "olha-me só para esta delícia". Estremeço, preparo palavras machas e libidinosas, mas contenho-me quando me apercebo de que afinal ela se referia a uma montra de pasteis de belém, pasteis de tentúgal e queijadas . Afinal, eu continuava com o mesmo sex appeal de um ferro rodrigues.

Publicado por Lynce às 14:18

link do post | comentar | ver comentários (30) | favorito (2)
Quarta-feira, 15 de Fevereiro de 2017

Dilema

Durante oito anos, tenho suportado pacientemente os maus-humores, maus-tratos, as intrigas, o diz-que-disse, as provocações, a inveja, a perseguição, o despeito de uma superiora hierárquica. Na opinião de alguns colegas, ninguém encontra razão para tal...e sinceramente, eu também não!

No entanto, apesar de todo o mau feitio da Senhora, sempre a ignorei e apesar das inúmeras provocações, mantive uma postura educada, nunca lhe dirigindo uma palavra de mau agrado.

Hoje, surpreendentemente, chamou-me ao gabinete dela, olhou para mim e disse-me:
- Convido-te para almoçar e gostava que aceitasses. Preciso de um amigo. Posso contar contigo?

Estou aqui num grande dilema!

Publicado por Lynce às 13:39

link do post | comentar | ver comentários (45) | favorito (2)
Terça-feira, 14 de Fevereiro de 2017

Dia dos namorados

1.jpg

Obviamente que hoje o tema teria que ser o dia dos namorados, também designado por dia oficial da berlaitada obrigatória. Comemorar este dia, faz-me lembrar aquela história do casal que comemorava 25 anos de casamento e para festejar a data mandou matar um porco: como se a culpa fosse do animal!

Para os mais distraídos, é bom que abram os olhos (não amigas, não me refiro ao olho em que está a pensar…). Mas dizia eu, este dia é uma pura invenção do mundo capitalista, da banca e da indústria farmacêutica. Passo a explicar: as grandes empresas inventam estes dias para conseguirem vender os produtos que de outra forma ninguém compraria, como aqueles estúpidos cartões com coraçõezinhos, os ursinhos, vibradores, dildos, perfumes e flores.

As farmacêuticas, batem neste dia, todos os recordes de vendas, principalmente xanax para as gajas sem gajo, cialis e levitra para os gajos com gaja. Finalmente, o sector bancário ganha imenso dinheiro, porque este é o único dia do ano em que a rapaziada paga os hotéis e motéis das pinocadas com os cartões de crédito.

Comemorar o dia dos namorados, é tão absurdo como organizar uma grande festa no World Trade Center a 11 de Setembro ou criar um feriado em Israel para festejar o genocídio.

Publicado por Lynce às 13:50

link do post | comentar | ver comentários (16) | favorito (2)
Segunda-feira, 13 de Fevereiro de 2017

Ilusões

Uma amiga minha veio ter comigo, completamente eufórica com a sua nova paixão. Dizia-me que, após um casamento falhado, tinha a certeza que desta vez tinha acertado no amor. Ele era a pessoa perfeita e finalmente tinha encontrado a felicidade.

Pedia-me se eu conseguia saber o número do dedo do namorado, para o presentear com o anel - afinal já namoravam há quatro meses!

E continuando a falar ininterruptamente - sem que eu dissesse nada - referiu que pretendia casar-se imediatamente mas não estava iludida quanto às dificuldades futuras, pois as pessoas têm dois lados: o antes e o pós casamento.

Eu disse-lhe que cada pessoa não tem dois lados, mas três! Um lado que conhecem quando iniciam a relação; outro lado que conhecem no pós casamento e o terceiro e último lado, é aquele que nunca chegam a conhecer. 

Julgo que, após eu ter proferido uma das minhas teorias - que daria uma bela tese de mestrado - a minha amiga levará algum tempo até que me conte algo depois deste euforismo todo.

Publicado por Lynce às 23:09

link do post | comentar | ver comentários (24) | favorito (2)
Domingo, 12 de Fevereiro de 2017

Chuva

319973.png

Eu gosto de chuva. Acho que a chuva tem muito mais a ver comigo que o Sol. Mas, da mesma maneira que já não tenho idade para aguentar três seguidas, estou literalmente farto da chuva. Se ainda há católicos neste blogue, metam uma cunha a S. Pedro para que esta coisa pare por uns dias. Preciso urgentemente de bom tempo para enxugar as cuecas. Há três dias que não as uso e hoje entalei-o... 

Publicado por Lynce às 15:22

link do post | comentar | ver comentários (31) | favorito (1)
Sexta-feira, 10 de Fevereiro de 2017

Isto há coisas...

No inicio do ano ponderei a possibilidade de pensar deixar de fumar e consegui estar três semanas sem fumar. Mas ontem recaí. Ontem fumei dois cigarros. Hoje já vou em seis. Fumar é a maior tolice da minha vida. Dava quase tudo para voltar a ter vinte e quatro anos e nunca ter começado. Ou ter sido mais forte quando há um ano tive quatro meses sem acender um.

Muito honestamente, a verdade é que fumar já não me dá o prazer de outrora. Com algumas, cada vez mais raras, excepções. Mas mais do que a puta da nicotina, alcatrão e afins, sou viciado naqueles momentos de solidão onde sou apenas eu e o meu cigarro, nas noites em que vou à rua e me sento no banco do jardim a contemplar a lua e as estrelas, a sorrir sozinho quando o cigarro me faz recordar os momentos felizes.

Publicado por Lynce às 15:04

link do post | comentar | ver comentários (23) | favorito (3)
Quinta-feira, 9 de Fevereiro de 2017

Vale a pena pensar nisto

Tenho o sonho de um dia poder organizar os Óscares dessa nobre indústria, a pornográfica, que tanto emprego dá a milhares de pessoas, que põe pão na mesa a outras tantas e que proporciona horas de prazer a milhões espalhados pelo mundo. Aliás, mais que o futebol, a pornografia unifica nações e põe termo a guerras. Por isso tenho esta vontade intrinseca de levar a cabo tão honroso projeto de galardoar estes profissionais da arte do pinanço.

Parece que já me estou a ver em pleno Coliseu, vestido de Gogo Boy, mirando da minha tribuna milhares de decotes silicónicos. Sim, porque sabemos que a nossa indústria porno reinventou-se quando as nossas actrizes conseguiram elevar os peitorais acima da linha do umbigo.

Dizia eu. Cá de cima, olhando de viés para a plateia, ia chamando os nomes dos galardoados e entregando os prémios: “E para a categoria de melhor broche do ano os nomeados são: Lexi Belle, Jayden James, Sara Jay, Alexis Texas e Zéca.” Depois eu diria o nome da laureada e ela faria um discurso emocionado. Começando por agradecer aos pais pela oportunidade que lhe deram de “mamar na piroca” do primo Carlão, pela primeira vez, aos 16 anos. Ao dito por tê-la deixado fazer enquanto ele via o Benfica- Massamá para a Taça de Portugal, e ao seu companheiro JóJó, por naquela noite fazer 1 mês que não consumia. E terminaria com um emocionado “Suck the dick balls!”, que esta gente leva a sua profissão muito a sério.

No fundo é isto. Gostaria de consagrar as pessoas que, mais que a revista Gina, me deram e continuam a dar tanto prazer e me ensinaram tanto na vida que sem elas eu seria um homem muito menos qualificado, e isso é que nunca!

Publicado por Lynce às 18:54

link do post | comentar | ver comentários (18) | favorito (1)
Quarta-feira, 8 de Fevereiro de 2017

Conversas de café

- Consegues descrever, aquilo que chamas "um amor perfeito", numa única frase?
- Obviamente que sim.
- Ok, então diz lá.
- Antes de me fazeres vir, tens que me fazer sorrir.

Publicado por Lynce às 19:40

link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito (2)

Crenças

Vivo rodeado de pessoas cujo maior prazer na vida é chegarem 15-20 minutos atrasados ao local de trabalho, não há departamento onde isso não aconteça, que vão para casa pontualmente às 18h pela mesma razão que chegam atrasados de manhã, que não pedem recibos porque sem impostos a coisa fica mais barata, que passam a bola "a outro", porque eles não tem culpa de nada. São quase 19horas, é noite e eu ainda estou aqui, desde as 8h da manhã…e sem hora certa para sair. Há quem não acredite que Neil Armstrong nunca pisou a Lua, que são invenções dos americanos, eu não acredito no proletariado português.

Publicado por Lynce às 18:54

link do post | comentar | ver comentários (18) | favorito (3)
Terça-feira, 7 de Fevereiro de 2017

Sofia

Há três anos, aproximadamente, que recebo chamadas no telemóvel de pessoas à procura de uma tal Sofia. Já falei reiteradas vezes com amigas da Sofia, já conversei com uma senhora que, presumo, devia ser a mãe da Sofia, já partilhei a minha incredulidade no meu defunto blogue, fazendo os possíveis para que percebessem que não tinha raptado a Sofia, que se tratava de um engano, mas aparentemente, neste complexo mundo comunicacional, continuo a ser a Sofia.

Após um ano sem ter notícias da Sofia, ontem recebi uma mensagem das minhas primas "Marina Fay e Camila" a agradecer uma visita. Já pensei seriamente em ir à procura do meu outro eu, no que seria uma aventura bipolar, mas a possibilidade de me reencontrar numa mulher de 31 anos, de Matosinhos, nunca foi grande estímulo para resolver este meu problema de identidade.

Publicado por Lynce às 16:31

link do post | comentar | ver comentários (18) | favorito (1)
Segunda-feira, 6 de Fevereiro de 2017

Livro de Reclamações

Há pouco no restaurante onde habitualmente almoço (não por causa do serviço, mas porque o meu subconsciente faz uma ligações estranhas que nem eu percebo) pensei como seria interessante, se cada um de nós tivesse um livro de reclamações.

Um livro pessoal, podia ser uma especie de diário, onde regitávamos todas as reclamações feitas à nossa pessoa ao longo da vida, com o nome do interveniente, local e hora, desde a mais tenra idade até à nossa morte.

Teria o nome do colega de escola ao qual ficámos a dever dinheiro do bolo que comprámos no intervalo, as esferográficas que gamámos indevidamente, os pontapés nas canelas que dávamos no jogo de futebol, os males na faculdade, com as namoradas, no trabalho e por aí fora.

Esta coisa tinha dois objectivos: nunca ficarem com nada por dizer e nós podermos contestar as reclamações ou aprender com os erros.

É que eu nunca soube porque é que a Filipa deixou de falar comigo no 7ºano e sinto-me mal para o resto da vida...devo ter cometido um erro tremendo. Quando lhe perguntava, ela dizia "Tu sabes!"
Mas não, não sei. Nunca soube!

E ainda hoje sou uma pessoa muito traumatizado por isso...não, na verdade não sou, mas são aquelas coisas de meninice que nunca mais nos saem da cabeça e nos pesam na consciência. Hoje vou adormecer a pensar na Filipa! Eu nunca tive nada a reclamar dela senão isto!

Publicado por Lynce às 14:41

link do post | comentar | ver comentários (30) | favorito (3)
Sexta-feira, 3 de Fevereiro de 2017

Os sindicatos já não são o que eram

Não há nada mais agradável para um contribuinte que ficar parado na bicha, digo, fila, só com uma pessoa a atender, enquanto, no balcão ao lado, outros dois funcionários discutem questões  laborais. Mas o engraçado, era que não reclamavam aumentos salariais ou a reposição de regalias, mas ambos defendiam que o outro devia começar a receber menos salário. 

Publicado por Lynce às 17:46

link do post | comentar | ver comentários (17) | favorito
Quinta-feira, 2 de Fevereiro de 2017

Vale a pena pensar nisto

Não há maior alegria no trabalho que ouvir umas boas foleiradas atiradas pela colega do lado. Nada me deixa com mais tusa para enfrentar o trânsito matinal que a certeza que, horas depois, o escritório estará a tresandar a engate por todos os lados. E quem inventou a frase “onde se ganha o pão não se come a carne”, trabalhava, seguramente, sozinho.

Obviamente que exercitar a pélvis no local de trabalho comporta sérios riscos. Sobretudo se pensarmos que o tesão e a vontade nem sempre fazem com que valha a pena correr o risco. Muitas vezes, a gaja boa do departamento financeiro, que tem um ar de maratonista da traulitada é, na realidade, uma freira da ordem das franciscanas no que toca às artes do sexo.

Por isso vos digo, sexo no local de trabalho é, literalmente, uma faca de dois gumes. Porque se, por um lado, é excitante e melhora substancialmente a nossa libido e o nosso desempenho profissional, por outro, o risco de uma situação incómoda é plausível com a agravante de todos os dias termos de conviver com ela.

Uma vez aqui chegados, e antes que o zé tolas substitua os neurónios, perguntem-se: será que eu quero mesmo comer a boazona do departamento comercial? Quererei assim tanto visitar o seu aprovisionamento, depois do horário de trabalho? O meu conselho é: ou a colega é a personificação mais perfeita da Afrodite; senão vamos embora e apontem noutra direcção. Como por exemplo, a porta do escritório da empresa ali ao lado.

Publicado por Lynce às 14:13

link do post | comentar | ver comentários (27) | favorito

Mais sobre mim

Pesquisar

 

Março 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
15
16
17
20
22
23
28
29
30
31

Utilidade Pública

Casa Fernando Pessoa
Ilustração Portugueza
Portugal em Postais Antigos
Restos de Colecção

Blogolândia

À esquina da Tecla
A Alma da Flor
A Minha versão do Mundo
A Miúda com Pêlo na Venta
A Vez da Maria
A Vida de Diana
Alice Alfazema
Ana de Amsterdam
Art and Kits
Asas dos Versos
Atitude
Blogadinha dos Virtuais
Cafuné - Ella
Chic'Ana
Coisas de uma Vida
Contempladora Ocidental
Curiosidade Feminina
Devaneios Indeléveis
Duas Mulheres & Meia
Flor de Jasmim
Interioridades
Histórias de Mim
Jardins de Afrodite
Letras e Sensações
Lírio Selvagem
Lua Singular
Luz dos Olhos
Moonlight
Mundo de Frida
Nada de Coisa Nenhuma
Nascer na Praia
Nem mais nem Menos
Noname
No meu Quarto andar
O Fumo do meu Cigarro
O Sítio das pequenas Coisas
Os meus Idealismos
Pensamentos de uma Gaja
Pedacinhos de Mim
Percepções - Clau
Pó de giz no Quadro
Quarentona
Retalhos de Sonhos
Semblante das Dez
Sinto-te a Falta
Sublimes Pensamentos
Tempo Contado
Teia de Folhas de Papel
Um blogue Diferente

Fotoblogues

Elma Carneiro
Existe um Olhar
FlorBytes
Maria Paciência
Olhar d' Ouro
Olhar em tons de Flash
Olhares em tons de Maresia

História, Arte e Misticismo

Artes - Elma Carneiro
Ponderável
Universo Racionalista

Paraíso do Pecado

Desejos Intimos
E Deus criou a Mulher
Pecado Original
Sensualidades

Favoritos

Março dia 26 - Mulheres v...

Chuva abençoada!

assim você me mata

Smile

Devia ser assim

Osmoses e merdas (só falt...

Daquele jeitinho...

One Smile a Day com.. a M...

As sombras da tarde

Palermice do dia

Sacrilégios

Afinal o Amor
Aventuras de um gajo casado
Dark
Delírios de Amor e Sexo
Eróticas e Femininas
Metamorfose de um Desejo
O Sussurrar do Corpo
Prazeres e Carinhos Sexuais
Trilhos do Lobo
Transpondo_Nus

Arquivos

Observadores

Visitante(s) em Linha
blogs SAPO

subscrever feeds